Vacinação contra sarampo começa nesta segunda-feira, dia 16

Reportagem: Helio Lazaro de Almeida

Vetor: Freepik.com

Neta segunda-feira, 16 de julho, Inicia-se a intensificação da vacinação contra Sarampo em Ribeirão Preto com a vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola (SCR)para pessoas entre 5 e 29 anos de idade com menos de duas doses de vacina. A campanha termina dia 3 de agosto de 2018. 

As vacinas estarão disponíveis em todas as salas de vacinas das unidades de saúde de Ribeirão Preto. 

A campanha de seguimento contra sarampo para crianças a partir de um ano e menores de 5 anos, devem receber uma dose de vacina tríplice viral de forma indiscriminada, entre os dias 6 e 31 de agosto. Em 18 de agosto, acontece o Dia D de Mobilização Nacional contra a doença. 

Apesar de a vacina contra o sarampo estar disponível na rede pública e a cobertura vacinal na cidade ser muito grande, o secretário da Saúde alerta a população para procurar as salas de vacinas. 

“As pessoas entram e saem da cidade e a maior preocupação que devemos ter é levar as crianças para serem vacinadas, os adultos nessa faixa etária com recomendação também e informar, insistir com a população para se imunizarem, atualizarem suas carteiras de vacinação para mantermos a cobertura vacinal que temos e não corrermos risco”, orienta Sandro Scarpelini. 

Um caso de sarampo na cidade 

Com mais de uma década sem a confirmação de caso de sarampo no município de Ribeirão Preto, em abril deste ano foi confirmado caso proveniente do Líbano, contraído por uma profissional de saúde que fazia atendimento humanitário no país (foi identificado o genótipo D8, semelhante ao circulante no Líbano), a Secretaria da Saúde imediatamente realizou as ações de bloqueio. 

“Não sendo de Ribeirão Preto, e sim, vindo do oriente médio, em uma pessoa que não mora na cidade, paciente que coincidentemente veio à cidade, procurou o hospital e com o diagnóstico aqui, foi isolada e tratada. Imediatamente fizemos a pesquisa, os bloqueios necessários para não haver contaminação”, explicou o secretário da saúde, Sandro Scarpelini. 

A doença 

O sarampo é uma infecção viral aguda altamente transmissível e com elevado potencial epidêmico, principalmente em populações com baixa cobertura vacinal. Sendo assim, a principal forma de proteção contra a doença é a manutenção de elevada cobertura vacinal com a vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), aplicadas em crianças aos 12 meses e 15 meses de idade, respectivamente. 

 

Confira abaixo a Relação das Salas de Vacina de Ribeirão Preto/SP com telefone

 

 

Reportagem Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ribeirão Preto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *