Ribeirão Preto registrou este mês o Menor índice de dengue dos últimos 12 anos

Reportagem: Patrícia Rossi

Foto: Rafael Viana

Índice de Ribeirão Preto registrou o menor número de casos de dengue dos últimos 12 anos. Foram 248 casos em 2017 e 229 em 2018, contra 35.043 em 2016, 5.124 em 2015 e 398 em 2014. Em 2013 foram 13.179, em 2012 foram 317, em 2011 foram 23.384 e, em 2010, 29.637 casos de dengue. Já em 2008 foram registrados 1.056 casos e, em 2007, 2.723.

Os dados traduzem a eficiência do trabalho realizado pela Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde, da Secretaria Municipal da Saúde, com especial destaque ao trabalho de campo, como vistorias em pontos estratégicos e imóveis especiais, mutirões e ações para eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti.

 

Semana Nacional de Combate ao Aedes

Entre os dias 26 e 30 de novembro, na Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti, a Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto promoveu uma série de atividades educativas sobre o assunto.

Foram promovidas palestras, mutirões com entrega de panfletos orientativos, exposições e reuniões em unidades de saúde, condomínios residenciais, órgãos públicos, escolas, estabelecimentos comerciais, entre outros locais, para transmitir informações sobre o combate ao mosquito na cidade.

 

              Arrastões contra a Dengue

No mês de setembro, a prefeitura realizou dois arrastões contra a dengue. No dia 22 de setembro, a ação de limpeza percorreu os bairros Parque Ribeirão Preto, Jardim Marchesi, Jardim Maria da Graça e imediações e recolheu mais de seis toneladas de lixo e entulhos.

Já no dia 29 de setembro, mais de cinco toneladas de lixo e entulhos foram retiradas dos bairros Maria Casagrande e Orestes Lopes de Camargo. 

Além da coleta do material, houve orientações para alertar a população sobre os riscos em deixar água parada que, com a época das chuvas, contribuiu para o aumento de proliferação do mosquito.

 

Fonte : Prefeitura de Ribeirão Preto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *