Os desafios e os benefícios da prática do tênis de mesa

Divulgação / Colégio Moura Lacerda
Divulgação / Colégio Moura Lacerda

O jogador de tênis de mesa Daniel Peterossi, hexacampeão brasileiro da modalidade, considera a conquista do campeonato paulista, o primeiro disputado dentro da Federação Paulista de Tênis de Mesa na categoria adulto, um marco em sua carreira. O título foi alcançado no dia 18 de maio, depois de sete jogos, considerados difíceis pelo atleta.

“A maioria deles comecei perdendo, mas, ao longo da partida, fui conseguindo adaptação e concentração para, assim, reverter o resultado”, destaca Peterossi.

Carregar a medalha de ouro do circuito era um sonho antigo de criança. “O título possui uma representação importante porque o estado de São Paulo é um dos mais fortes do país no esporte”, ressalta.

O reconhecimento adquirido por Daniel Peterossi veio depois muitas horas de treinamento, da superação dos obstáculos pessoais e profissionais.

No país do futebol

Daniel Peterossi é um apaixonado pelo tênis de mesa e busca, em todas as oportunidades, levar o conhecimento e a informação por onde passa. Comprometido com o esporte, realiza constantes eventos de divulgação da modalidade como, por exemplo, a sua participação na Semana de Educação Física do Moura Lacerda, realizada entre os dias 19 e 23 de maio.

“O tênis de mesa é considerado o melhor esporte para o cérebro segundo especialistas, pois melhora o raciocínio rápido, a velocidade de reação, o controle emocional e trabalha 85% dos músculos corporais”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *