Menalton Braff na Feira Nacional do Livro

IMG_2422
Divulgação – Feira do Livro

Com 19 livros publicados, Menalton já foi finalista de vários prêmios, além do vencedor do Jabuti em 2000, principal premiação do país. “Em arte, a verdade tem um sentido que não é moral, verdade estética, verdade que não se relaciona a própria verdade”, enfatiza.

Salvador dos Passos era o pseudônimo do início da carreira de Menalton que, quando questionado qual a diferença entre Menalton e Salvador, afirma que desde o nascimento carrega essa experiência dupla, “nunca nos desfazemos, não somos substituíveis, escrever está relacionado com maturidade. Quando não se é maduro a gente escreve e parece que está inventando a literatura, para escrever é necessário ler e isso demanda tempo, e quem não teve isso não tem condições de criar coisa que preste”.

 

Fonte : Divulgação  – Feira do Livro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *