Mais de 6 mil pessoas visitaram o Museu do Amanhã, em cerca de quatro horas

Reportagem: Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

Foto: Cristina Índio do Brasil/Agência Brasil
Foto: Cristina Índio do Brasil/Agência Brasil

Mais de 6 mil pessoas visitaram hoje (19) o Museu do Amanhã, entre as 10h e as 14h30. O museu, que é um dos símbolos da revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro, havia sido inaugurado na última quinta-feira (17), mas só foi aberto ao público na manhã deste sábado.

Apesar do sol forte, desde cedo, filas se formaram para entrar no espaço cultural, localizado no Píer Mauá. De acordo com o presidente do Museu do Amanhã, Ricardo Piquet, o público superou as expectativas da organização. Como o museu ficará aberto até as 20h de domingo, estima-se que 20 mil pessoas devem passar pelo local neste final de semana.

Piquet explica que uma das grandes atrações do museu é o próprio prédio, que lembra um imenso veleiro, “ancorado” em frente à Baía de Guanabara. O edifício foi projeto pelo escritório de Santiago Calatrava, premiado arquiteto suíço-espanhol responsável por obras como o Estádio Olímpico de Atenas, usado nos Jogos de 2004.

Além de exibições temporárias, o museu tem uma exposição permanente, no segundo piso, com instalações multimídia sobre o universo, o planeta Terra e a humanidade. A ideia é levar o público a refletir sobre o passado e o futuro do ser-humano.

“É um museu de ciência que trata da sustentabilidade do planeta e que propõe uma reflexão sobre o futuro da humanidade. Tomara que as pessoas entrem aqui e saiam com algumas respostas. Mas que elas saiam muito mais com perguntas, para entender melhor de onde nós viemos e para onde nós vamos”, disse Piquet.

Fonte:Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *