Festival Jazz & Blues Chega Ao Sesc de Ribeirão

Reportagem: Thais Ribeiro / Assessoria de Comunicação SESC RP

capa-cultura-rwn
Vetor: Freepik.com

de 25 a 27, o Sesc Ribeirão recebe a 5ª edição do Festival Sesc Jazz & Blues. Criado a partir do Sesc’n Blues, realizado pelo Sesc SP desde 2003, o festival incorporou a linguagem jazzística e, neste ano, será realizado por nove unidades da rede Sesc no interior e grande São Paulo.

O festival apresenta os dois gêneros, com suas semelhanças e originalidades, além das mais variadas influências absorvidas desde suas formações até a atualidade, evidenciando o espírito do encontro e da mistura que cerca ambos os gêneros. A formação do Jazz e do Blues também deu possibilidades para experimentações, essas que foram essenciais para a difusão dos gêneros ao redor do mundo.

No Sesc Ribeirão, o festival se inicia com o Workshop de Blues, dia 25, quinta, às 16h, com o norte-americano Erc Sardinas, que apresenta os fundamentos e técnicas do blues. A atividade conta com tradução simultânea. Às 19h30, o saxofonista brasileiro Sergio Galvão apresenta a sonoridade do jazz, no Auditório. Na sequência, a banda de blues brasileira The Headcutters se apresenta na Convivência às 20h, e traz influências do blues feito em Chicago durante os anos 1950 e 1960. Fechando a programação do primeiro dia, às 21h, no Galpão, Eric Sardinas tira de seu instrumento – um violão resonator elétrico – uma sonoridade inigualável, que mistura blues com o rock’n’roll.

No segundo dia do festival, dia 26, o grupo brasileiro Rodrigo Nassif Quarteto abre a programação às 19h30, no Auditório, combinando ritmos como rock, candombe, milonga e tango-milonga com improvisação jazzística e hip hop. Às 20h, na Convivência, o grupo argentino Souljunkies, mistura na dose certa peso, suingue e vocais marcantes, amparado por um naipe de metais que potencializa sua sonoridade dançante. Uma breve audição nos remete ao som das bandas que acompanhavam artistas do rhythm´n’ soul dos anos 1970. Encerrando a programação da sexta, às 21h, no Galpão, o norte-americano Wee Willie Walker traz a pura linguagem do soul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *