Festival de Música de Catanduva traz Orquestra Saulo Schneck de Rio Preto

Foto: Prefeitura de Catanduva

O Festival de Música em Catanduva traz, em seu segundo dia, o concerto ‘Paisagem do Interior’, com o rabequeiro e contador de causos Jeziel Paiva e a Orquestra Saulo Schneck, de São José do Rio Preto. A apresentação será no dia 31 de março, às 20h30, no Centro Cultural, e é gratuita.

O trabalho une a rusticidade da rabeca com a sofisticação dos instrumentos de orquestra e rompe as barreiras que separam as culturas popular e erudita, ao mesmo tempo em que resgata a consciência de que existem raízes e valores brasileiros a serem preservados.

Com uma apresentação repleta de causos, poesias caboclas e cordel, Jeziel Paiva utiliza ainda a rabeca, primeiro instrumento trazido ao Brasil pelo colonizador português, interpretando obras de Zé Coco do Riachão, Renato Teixeira, Villa-Lobos e poesias caboclas e cordéis de José Pacheco, Zé Laurentino, Pompílio Diniz, entre outros.

A apresentação é conduzida pela Orquestra Saulo Schneck, formada a partir do trabalho pedagógico realizado naquela cidade pelo Maestro Saulo Schneck, que hoje dá nome a este grupo de músicos que abrilhantará o Festival.  

O Festival de Música em Catanduva foi idealizado por artistas locais e se tornou realidade através de incentivo do Governo do Estado de São Paulo, por meio do ProAc ICMS, numa parceria com a Prefeitura de Catanduva, Secretaria de Cultura e COFCO International. A realização ainda tem apoio do Reisper Palace Hotel e Gui Rovoltini Films.

As vagas para os concertos são limitadas e as reservas devem ser feitas no site do Festival, em www.musicaemcatanduva.com.br. Confira toda a programação no site e nas redes sociais do evento, no Facebook e Instagram.

 

A Rabeca

A rabeca ou rebeca é um instrumento musical de cordas friccionadas, aparentado ao violino, e geralmente encarado como uma espécie de versão mais rústica ou primitiva deste último.

“Apesar da evidente semelhança entre os dois, a rabeca pode ser considerada como um instrumento com identidade própria, uma vez que se distingue do violino em muitos aspectos, principalmente na construção e no modo de tocar”, explica Jeziel. 

 

Serviço
O concerto ‘Paisagem de Interior’, com Jeziel Paiva e Orquestra Saulo Schneck,

será no dia 31 de março, às 20h30, no auditório do Centro Cultural.

O espaço está localizado na avenida São Domingos, 880, Catanduva – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *