“Feira Pet” traz ciclo de Palestras sobre o Assunto

 O “Cantinho da Anatomia”, no estande do Moura Lacerda, foi uma das atrações da Feira Pet em Ribeirão Preto / Foto: Divulgação
O “Cantinho da Anatomia”, no estande do Moura Lacerda, foi uma das atrações da Feira Pet em Ribeirão Preto / Foto:
Divulgação

O ciclo de palestras realizado durante a Feira Pet em Ribeirão Preto no último final de semana reuniu estudantes e profissionais; o Centro Universitário também participou do evento com seu tradicional estande que ofereceu informações a todos os visitantes

O “Simpósio de Medicina Veterinária”, organizado pelo Centro Universitário Moura Lacerda durante a Feira Pet em Ribeirão Preto – realizada nos últimos dias 25, 26 e 27 de julho, no Centro de Eventos Pereira Alvim – reuniu estudantes e profissionais interessados em ampliar conhecimentos.

Estruturadas e coordenadas pelo curso de Medicina Veterinária, as palestras fomentaram um diálogo com mais proximidade, exemplificação e contaram com toda a experiência dos professores convidados a ministrarem os encontros.“Foi uma grande oportunidade para aprender mais”, destacou a coordenadora da graduação, Maria Angélica Dias.

 

No dia 26/07 (sábado), a professora doutora Márcia Marques Jericó, apresentou um panorama sobre a diabetes mellitus em cães e gatos. “É fundamental que o veterinário conheça a doença, que é multifatorial. Se cuidarmos bem, um animal diabético pode levar uma vida tranquila”, explicou.

Ainda na mesma data, o professor doutor João Pedro de Andrade Neto debateu a convulsão e a epilepsia em cães e gatos. “O nosso objetivo é o de difundir como estamos agindo. É preciso propagar, com novidades, o saber”, afirmou.

No dia 27/07 (domingo), a professora doutora Aline Zoppa discursou a respeito das principais neoplasias em pequenos animais e os princípios da cirurgia oncológica. “É imprescindível mostrar o nosso trabalho em lugares e para pessoas diferentes. Neste campo de atuação, é necessário que o profissional saiba lidar e falar com os proprietários dos pets, por se tratar de um momento delicado”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *