Dispositivo pode diminuir tempo de testes moleculares

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da empresa Visuri desenvolveram uma máquina que promete simplificar o processo de diagnóstico molecular da covid-19. Trata-se da OmniLAMP, um dispositivo portátil que consegue detectar rapidamente o RNA do coronavírus em amostras colhidas do nariz  ou da garganta do paciente.

De acordo com os pesquisadores, enquanto outros testes moleculares podem levar até seis horas para serem concluídos, o teste pelo novo método pode ser finalizado em 30 minutos. A própria máquina analisa a amostra e transmite os resultados para uma base de dados por meio da internet.

Outro ponto positivo é que o dispositivo simplifica o processo e demanda apenas estrutura laboratorial de baixa complexidade. Isso pode possibilitar que laboratórios menores ajudem na realização de testes.

A máquina vinha sendo desenvolvida desde 2018 para o diagnóstico de dengue, zika e chikungunya, mas foi adaptada para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus.

Atualmente, o equipamento espera a certificação da Anvisa. Os pesquisadores discutem a possibilidade dos kits de testes serem produzidos pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz).

 

 

Fonte: Brasil 61

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *