Ciclismo de Ribeirão Preto conquista o tetracampeonato do Ranking Nacional de Estrada

Foram 1.921 pontos conquistados contra 1.290 de São José dos Campos, vice-campeã do Ranking da CBC

A vitoriosa temporada de 2018 da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto foi coroada com o tetracampeonato do Ranking Nacional de Estrada. 

A Confederação Brasileira de Ciclismo divulgou o Ranking final com o plantel ribeirão-pretano na primeira posição com 1.921 pontos, mais de 600 a frente da vice-campeã, a Equipe de São José dos Campos, que ficou em segundo com 1.290 pontos. Indaiatuba fechou o top-3 com 1.263 pontos. 

O time comandado pelo técnico Marcelo Donnabella, vencedor também nos anos de 2012, 2013 e 2017, celebrará o tetracampeonato e também o sétimo ano consecutivo como top-3 do Brasil: Além dos títulos, foi vice-campeão em 2014 e 2016 e terceiro colocado em 2015. 

“A palavra-chave para conseguir ir bem no Ranking Nacional é ‘regularidade’. E nós conseguimos fazer isso muito bem neste ano. Não apenas disputamos provas, mas conseguimos muitas vitórias e pódios. E com muitos diferentes ciclistas. Isso é mérito da Equipe. Estamos em um momento muito bom, fizemos uma temporada excelente e estamos satisfeitos com essa conquista”, comentou o técnico Marcelo Donnabella. 

“Uma temporada vitoriosa coroada com um título importante e de peso. O tetra é resultado de muito esforço dos atletas, da comissão técnica e também de todos os parceiros e patrocinadores que apoiam muito para que esse projeto seja possível. Estamos muito orgulhosos. Agora é comemorar, descansar e voltar com tudo para 2019”, celebrou o presidente da Equipe, Danilo Terra. 

 

A temporada 

O ano de 2018 foi especial para Ribeirão Preto. Começou em janeiro, com a chegada de Rafael Andriato, um reforço de peso internacional. Janeiro ficou marcado também pela Equipe ter representado a seleção brasileira a convite da CBC na tradicional Volta de San Juan. 

Em fevereiro, mais uma prova internacional. Na Volta de Mendoza, Rafael Andriato pedalou forte e conquistou a vitória na 6ª etapa da prova, enquanto Atílio Fetter sagrou-se vice-campeão na classificação geral sub-23. No mês de março, o terceiro desafio internacional: a Volta do Uruguai. 

Foram duas vitórias (sendo uma dobradinha) e cinco pódios. A São Francisco Saúde/Klabin/Secretaria de Esportes conquistou o vice-campeonato por equipes da Volta. Em seguida, em abril, quatro atletas do plantel foram convocados para defender o Brasil no Campeonato Pan-Americano de 2018, em San Juan: Rodrigo do Nascimento, Rodrigo Melo, Rafael Andriato e Cristian Egídio. Também em abril veio a vitória na tradicional prova 21 de abril com Maurício Knapp, além de outros três ciclistas de RP no pódio. 

Os meses de junho e julho foram especiais. Foi ai que a Equipe trocou a marcha e pedalou forte, conquistando muitos pontos com o título brasileiro com Rodrigo do Nascimento na prova de Estrada, além do vice-campeonato de Cristian Egídio no Contrarrelógio. Além disso, a Equipe se sagrou campeã paulista e colocou sete atletas nas sete primeiras colocações, e também faturou o título na Copa Cidade Canção com Maurício Knapp. 

Julho marcou também como mês que a Equipe assumiu a liderança do Ranking Nacional. Outras conquistas importantes do período foram: título por equipes da Volta de Guarulhos, vice-campeonato de Allan Maniezzo na Volta de Guarulhos, além do título dos Jogos Regionais, que foram disputados em Matão. 

Na sequência, Ribeirão Preto faturou vitórias importantes com Leonardo Finkler (São Salvador), Jeovane de Oliveira (Troféu Rei da Montanha) e Lucas Ribeiro Motta (campeão sub-23 na Volta do ABCD). A temporada na Estrada foi encerrada com um show nos 100 km de Brasília. O penta na prova veio com cinco atletas ribeirãopretanos no pódio, sendo Rafael Andriato o campeão. 

 

Fonte: Prefeitura de Ribeirão Preto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *