Bosque Fábio Barreto recebe lobo-guará vítima de maus tratos

13976348785_e6c4b7fe45_z
Foto Rafael Viana

Nesta sexta-feira, dia 18, o Bosque/Zoo “Dr. Fábio Barreto” recebeu, do Corpo de Bombeiros, um lobo-guará adulto, fêmea, vítima de maus tratos. O animal foi encontrado em um sítio, no município de Nuporanga, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois que chegou ao bosque.

O animal, cuja espécie está no hall de extinção, foi analisado pelo veterinário do Bosque Municipalqueidentificou os maus tratos. A lobo-guará estava com a orelha direita e a cauda decepadas.

De acordo com Alexandre Gouvêa, chefe do Bosque/Zoo, o bosque também acionaráa Polícia Ambiental.Maus tratos a animais não podem ser aceitos. Levando isso em consideração, também denunciaremos o caso a Polícia Ambiental, ressaltou.

O lobo-guará é uma espécie de canídeo endêmico da América do Sul e único integrante do gênero Chrysocyon. A espécie não está diretamente ligada a nenhum outro gênero de canídeos e aparentemente é uma relíquia da fauna pleistocênica (era compreendida entre 2,588 milhões e 11,5 mil anos atrás, aproximadamente), da América do Sul, que desapareceu, na maioria, após a formação do Istmo do Panamá.

No Brasil o lobo-guará é considerado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) uma espécie ameaçada de extinção.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ribeirão Preto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *