Base de Apoio Comunitário abandonada preocupa moradores do Bairro Heitor Rigon em Ribeirão Preto.

Imagem de leitor do jornal
Imagem de leitor do jornal

Local virou lixão além de abrigo para andarilhos. 

Os moradores do bairro Heitor Rigon estão preocupados com a situação da BAC (Base de apoio Comunitária). O prédio está totalmente abandonado e em seu entorno pode-se encontrar, mato alto, entulhos, além da água parada, onde, facilita o aparecimento de focos do mosquito da dengue e de outros animais. Além disso, quem vive naquela região está apreensivo, pois o local serve de moradia para andarilhos e usuários de drogas.

Segundo o presidente da associação de moradores do bairro Moacir Batista Alves a insegurança é a maior dificuldade enfrentada. “A falta de segurança é o transtorno dos que vivem ali, pois as pessoas que transitam no local são abordadas pelos moradores de rua que ocupam o espaço desativado, temos que viver com insegurança e medo. Essa situação existe há mais de dois anos e o problema já foi

Imagem de leitor do jornal
Imagem de leitor do jornal

comunicado à administração Municipal, porém nada foi feito até o momento” desabafa, Moacir.

Informado sobre o problema, o vereador Dr. Jorge Parada solicitou através de requerimento que a

Prefeitura em conjunto com o órgão responsável tome providencias urgentes.

“É lamentável a situação em que se encontra essa Base Comunitária, a estrutura era completa e os moradores contavam com atividades de integração sociais como, acesso à biblioteca, cursos de informática, além de atividades lúdicas, porém, infelizmente todas essas atividades,

Imagem de leitor do jornal
Imagem de leitor do jornal

se perderam, pois a Base se encontra abandonada e o vandalismo tomou conta. Entrei com requerimento solicitando à Prefeitura Municipal que sejam solucionados todos os problemas enfrentados pela população, pois desse jeito não pode ficar ”, nos explica o vereador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *