Autoridades alertam para a proteção de dados

Na data em que se celebra o Dia Internacional da Privacidade de Dados, o diretor presidente da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), Waldemar Gonçalves, alerta para a conscientização da sociedade em relação ao tema. Para ele, a riqueza da atualidade é a proteção de informações pessoais e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados tem papel essencial na defesa dos dados de brasileiros.

“No século 21, hoje, os dados são o novo petróleo. Exatamente porque a empresa viu quão preciosos esses dados [são]. Com desenvolvimento tecnológico, inteligência artificial, a coisa hoje é de uma velocidade muito rápida. Quando faço uma pesquisa na internet e olho um determinado produto, poucos segundos depois começa a surgir ‘do nada’ uma série de ofertas daquele produto. São empresas que comercializam essas informações e passam a ser extremamente valiosas. Esse é o nosso foco, essa proteção de dados. Até a criação da autoridade, ele não tinha a quem recorrer de forma mais pontual”, disse Gonçalves em entrevista.

 

Instituída em 2006, o Dia Internacional da Privacidade de Dados busca intensificar a disseminação de informação e a conscientização em relação à proteção de dados. O objetivo é que empresas e usuários se conscientizem sobre privacidade de informações.

Lei Geral de Proteção de Dados foi promulgada em 2018, para assegurar que o cidadão seja o titular de seus dados e possa ter controle sobre como empresas farão a comercialização e o compartilhamento de suas informações pessoais. Cerca de 60 pontos da lei ainda precisam ser regulamentados e estão em análise pela Autoridade Nacional de Proteção de Dados.

 

 

 

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *