Até o Momento isolamento social fica em 54% no estado de São Paulo

A taxa de isolamento social no estado de São Paulo ficou em 54% nesse sábado (18). A medição é feita pelo governo paulista a partir de informações disponibilizadas pelas companhias de telefonia móvel, monitorando o deslocamento dos usuários. Nos dois dias anteriores, sexta (17) e quinta-feira (16), o índice havia ficado em 49%.

Na capital paulista, 53% dos habitantes permaneceram em suas casas ao longo do dia de ontem. A cidade também tinha registrado 49% de adesão na quinta e sexta-feira.

Segundo o coordenador do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, David Uip, a adesão ideal para controlar a disseminação do vírus é de 70%.

Quarentena

O estado de São Paulo está em quarentena desde o dia 24 de março. A medida que restringe o funcionamento de estabelecimentos comerciais e impede a realização de eventos públicos está prevista para vigorar até o dia 10 de maio. Nesse período, só estão autorizados a funcionar serviços considerados essenciais como os de logística, segurança e alimentação, além do setor de saúde.

Mortes

Apesar de a Grande São Paulo ainda concentrar a maior parte das 991 mortes pelo novo coronavírus confirmadas no estado, com 686 óbitos, o governo paulista alerta para a expansão da doença em outros locais.

Em uma semana, do dia 11 ao 18 de abril, as mortes confirmadas pela doença cresceram 136% no litoral e no interior. Segundo o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde, os municípios fora da região metropolitana da capital somam 142 mortes, diante de 60 confirmadas no dia 7 de abril.

No período, mais 24 municípios registraram pelo menos uma morte pela doença, totalizando 61 cidades fora da Grande São Paulo com óbitos causados pela covid-19, doença saudada pelo novo coronavírus. A região de Campinas tem 30 mortes e a Baixada Santista, 29.

Dados divulgados neste sábado pela Secretaria de Saúde do Estado apontam que 6,1 mil pessoas estão internadas em todo o estado por infecção pelo novo coronavírus ou suspeita de estarem infectadas. Desse total, 2.516 estão internadas em unidades de terapia intensiva (UTI). O número de casos confirmados da doença em São Paulo chegou a 13.894, distribuídos em 225 cidades do estado.

 

 

 

 

Fonte EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *