Associação Paulista de Supermercados Orienta Consumidores nesse Período

Reportagem: Thiago Esteffanato

Foto: Rafael Viana

O movimento nos supermercados paulistas cresceu 34,4% nesta terça-feira, 17/3, segundo levantamento feito pela Associação Paulista de Supermercados – APAS, em comparação com o dia 18 de fevereiro (terça-feira).

Isso significa uma aceleração do consumo, que ocorreu em parte por troca do local de consumo, ou seja, as refeições que eram feitas fora de casa, passaram a ser feitas em casa, em função dos trabalhos à distância (home office), fechamento de escolas e creches (merenda escolar) e migração do consumo em bares e restaurantes e também por antecipação de compra.

O presidente da APAS, Ronaldo dos Santos, informa que a associação está mapeando diariamente toda a cadeia produtiva e que a indústria, até o presente momento, está recebendo pedidos dos supermercados e realizando as entregas: “pode haver falta pontual de alguns produtos em função do tempo de reposição, quando o supermercado, por exemplo, trabalha com estoques ajustados ao movimento rotineiro”, disse.

Por isso, a associação reitera que as pessoas realizem o consumo consciente, pensando na coletividade. Por sugestão da APAS alguns supermercados já estão reservando horários especiais para atendimento de pessoas idosas e com necessidades especiais. Também enviou uma cartilha com recomendações aos supermercados sobre como agir em função da pandemia do Coronavírus para resguardar a saúde dos consumidores e colaboradores.

Sugere igualmente aos seus associados para agilizarem a ação de reposição dos produtos mais procurados buscando abastecimento na indústria, nos distribuidores e nos atacados.

Na cartilha a Associação explica que neste momento não é necessário adotar nenhum tipo de restrição em relação ao volume de compra individual para cada pessoa. O Código de Defesa do Consumidor possibilita, em seu artigo 39, I que seja condicionado o limite quantitativo de produtos para atender um maior número de consumidores, diante de uma justa causa.

A entidade continuará acompanhando de perto a situação do Coronavírus para orientar diariamente todos os seus associados seguindo as recomendações de prevenção do vírus de acordo com as determinações do Ministério da Saúde para garantir o bem-estar de clientes, fornecedores e colaboradores em suas lojas.

 

Fonte: Associação Paulista de Supermercados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *