Aeroporto Leite Lopes registrou em 2015 maior volume de cargas segundo Pesquisa

O Aeroporto Leite Lopes, de Ribeirão Preto, registrou em 2015 o maior volume de cargas dos últimos cinco anos. Os dados do Boletim Movimento Aeroportuário do Ceper/Fundace mostram que, no ano passado, a carga transportada ultrapassou um milhão de quilos, aumento de 18% em relação a 2011.

Vetor: Freepik.com
Vetor: Freepik.com

Ainda em 2015, o Aeroporto Leite Lopes registrou o maior montante de passageiros transportados dos últimos quatro anos. Foram mais de 1,1 milhão de embarques e desembarques, o que representa alta de 2,81% na comparação com 2014.

A movimentação das aeronaves, por outro lado, apresentou quedas consecutivas entre os anos analisados, caindo de 48.260 unidades em 2011 para 38.424 unidades em 2015.

O Aeroporto Leite Lopes é administrado pelo Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) e foi um dos poucos do sistema a apresentar crescimento na movimentação de passageiros entre 2014 e 2015. De acordo com os pesquisadores do Ceper, o movimento aeroportuário é um indicador que representa, indiretamente, o nível geral da atividade econômica.

Além do Leite Lopes, o Boletim traz ainda análise dos dados dos sistemas Daesp e Infraero e de outros três aeroportos relevantes para o tráfego aéreo do País: Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas, Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Governador André Franco Montoro e Aeroporto de Brasília. Confira os principais dados:

Daesp – Desde 2012, o sistema tem exibido baixas no total de passageiros transportados. Apesar da queda de 3,84% em 2015 na comparação com 2014, o total de passageiros foi superior ao registrado em 2011. Já o volume de embarques e desembarques de aeronaves aumentou apenas em 2012, quando chegou a receber mais de 310 mil unidades e, a partir de então, apresentou quedas consecutivas. O volume de cargas transportadas aumentou 8,31% em 2015 em relação ao ano anterior, mas o resultado ainda permanece abaixo do exibido em 2011.

Infraero – O sistema registrou queda de 1,09% no volume de passageiros transportados em 2015 na comparação com 2014. Apesar da queda, o resultado de 2015 ainda é superior ao registrado nos anos de 2011 a 2013. O montante de aeronaves embarcadas e desembarcadas registrou quedas sucessivas em todos os anos analisados, assim como o volume de carga transportada.

Aeroporto de Brasília – Em 2015, houve aumento de 7,48% no transporte de passageiros em comparação com 2014. Foram 19,5 milhões de embarques e desembarques em 2015, contra 18,1 milhões do ano anterior. O Aeroporto de Brasília foi o único retratado no Boletim a registrar aumento na movimentação de aeronaves em 2015 na comparação com 2014. O volume de cargas transportadas, no entanto, caiu de 60 milhões de quilos em 2011, para 39 milhões em 2015.

Aeroporto de Viracopos (Campinas) – Exibiu aumentos consecutivos na movimentação de passageiros e, em 2015, registrou seu recorde histórico de 10 milhões de pessoas transportadas no ano. O valor representa um aumento de 4,85% em relação ao ano anterior.

Já a movimentação de aeronaves, por sua vez, registrou queda em 2015 em relação a 2014. Foram 127 mil unidades que aterrissaram e decolaram em 2015 frente as 131 mil registradas em 2014. O volume de carga transportada exibiu queda significativa ao longo dos últimos cinco anos e em 2015 essa movimentação foi reduzida em 18,50% em relação ao registrado no ano anterior.

Aeroporto de Guarulhos –  Em 2015, a movimentação de passageiros foi 1,40% menor do que o ano anterior. A movimentação de aeronaves, que vinha crescendo desde 2011, reverteu esse cenário em 2015, quando foi registrada queda de 3,13% no montante de aeronaves embarcadas e desembarcadas em relação à 2014. A movimentação de cargas, por sua vez, sofreu significativa queda de 22,46% no ano de 2015 quando comparado ao ano anterior.

Fonte: OPA Assessoria em Comunicação

Dados da Pesquisa : Fundace

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *