A Reflexão inteligente com o Filósofo, Pe. Gilberto Kasper

Foto: Rafael Viana
Foto: Rafael Viana

O mês de Agosto, no Brasil, por excelência, é o Mês Vocacional. Todo cristão é vocacionado ao amor! Pelo batismo todos participam do sacerdócio real e profético de Jesus Cristo. Os cristãos são convidados a serem discípulos e missionários do Senhor: são sacerdotes e sacerdotisas enquanto vivem os compromissos batismais, sendo no mundo a Igreja do Ir!

Mas o Mês Vocacional se debruça sobre algumas vocações específicas na Igreja. Durante as cinco semanas, retoma e aprofunda, promove e reatualiza cinco grandes vocações, chamadas de específicas! O primeiro domingo é dedicado ao ministério ordenado. Rezamos e promovemos a Vocação ao Sacerdócio Ordenado. Toda a Igreja tem a responsabilidade de rezar pelas Vocações Sacerdotais, a fim de que nunca faltem Padres bons, dedicados e santos a serviço da santificação das Comunidades de Fé.

O Sacramento da Ordem é constituído de três graus: o Diaconado, o Presbiterado e o Episcopado. Ressalta-se a Vocação Presbiteral por celebrarmos, no dia 4 de agosto, a memória de São João Maria Vianney, o Cura de Ars, Patrono dos Padres!

O segundo domingo, dedicado aos Pais, retoma a vocação à paternidade e à maternidade. É, também, o início da Semana da Família, que em nossa Arquidiocese ocupa uma das prioridades do Plano de Pastoral, neste ano com sabor da preparação de nossa 14ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, a ser celebrada dia 13 de setembro próximo. Os pais são os primeiros responsáveis para que os filhos tenham existência digna e feliz. É no Dia dos Pais que iniciamos a Semana Nacional da Família, neste ano de 9 a 15 de agosto. É “HORA DA FAMÍLIA”. “O Amor é a nossa missão: A Família plenamente viva”!

O terceiro domingo do mês vocacional ocupa-se com a vocação à Vida Consagrada, rezando pelos Religiosos e Religiosas, imensa riqueza na evangelização da Igreja. Neste ano também esta vocação específica tem sabor de ANO DA VIDA CONSAGRADA! São homens e mulheres que se consagram totalmente ao serviço do Reino de Deus, abrindo mão de constituir Família própria. Lembramos e rezamos pelas Vocações Religiosas das inúmeras Congregações, Institutos e diversas Comunidades ou Institutos Seculares, todos Missionários na Igreja de Jesus Cristo!

Já o quarto domingo de agosto, agradece a vocação dos diversos Ministérios Leigos que enriquecem a Igreja de Cristo presente num mundo sedento de Deus e de valores verdadeiros e essenciais à realização da humanidade. São contemplados todos os Ministérios não ordenados que são grandes pérolas e dinamizam nossas queridas Comunidades de Fé!

Nossa vocação é eterna, nosso sim generoso e verdadeiro deve ser diário! No quinto domingo do Mês Vocacional, celebramos o Dia Nacional dos Catequistas. São na maioria mulheres, mas também homens e jovens que se dedicam a anunciar “A Alegria do Evangelho” desde nossas crianças, passando pelos adolescentes, jovens, casais e Famílias. Rezemos nossa gratidão profunda a todos os Catequistas de nossa Igreja Arquidiocesana e de nosso imenso País com dimensões continentais. Como são lindos e lindas nossos Catequistas, sempre tão empenhados na evangelização!

 

 

Pe. Gilberto Kasper - Foto : Divulgação / k2 Imagens
Pe. Gilberto Kasper – Foto : Divulgação / k2 Imagens

Pe. Gilberto Kasper
[email protected]

Mestre em Teologia Moral, Especialista em Bioética, Ética e Cidadania, Professor Universitário, Docente na Associação Faculdade de Ribeirão Preto do Grupo da UNIESP, Assistente Eclesiástico do Centro do Professorado Católico, Reitor da Igreja Santo Antônio, Pão dos Pobres da Arquidiocese de Ribeirão Preto, Presidente do FAC – Fraterno Auxílio Cristão e Jornalista.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *